PUBLICAR NO PORTAL | ANUNCIE
 
Biblioteca
Abastecimento de Água
Bioenergia
Caldeira
Cursos & Eventos
Desmineralização
Hidrografia / Hidrologia
LEED / Green Building
Legislação
Meio Ambiente
Membranas Filtrantes
Metodologias de Análises
Projeto e Consultoria
Resíduos Sólidos
Reúso de Água
Saneamento
Tratamento de Água
Tratamento de Chorume
Tratamento de Efluentes
Tratamento de Esgoto
Zeólitas
  MAPA DO SITE | Home / Notícias / Agora é lei: Postos ...

12/09/2011 11:37:00
Agora é lei: Postos e lava jatos terão que reaproveitar água

Publicado por Marcus Wagner - http://odiariodeteresopolis.com.br/
Compartilhar
Publicidade  
Quem não fizer adaptações em até 60 dias poderá ser multado em 150 Ufirs

Postos de combustíveis, lava-rápidos, transportadoras e empresas de ônibus urbanos intermunicipais e interestaduais no estado terão que reutilizar água usada na lavagem dos veículos. A determinação é da Lei 6.034/11, sancionada pelo governador Sérgio Cabral e publicada no Diário Oficial do Poder Executivo desta sexta-feira. A norma é de autoria do deputado Átila Nunes (PSL) e obriga os estabelecimentos a instalarem equipamentos com esta função.

“O reuso reduz a demanda sobre os mananciais de água devido à substituição do elemento potável por uma água de qualidade inferior. Esta prática já é utilizada em alguns países e é baseada no conceito de substituição de mananciais”, explicou o parlamentar. A lei oferece um prazo de 180 dias, a partir de hoje, para as implantações dos sistemas de reaproveitamento de água. O descumprimento da norma será punido com a exigência de instalação dos equipamentos no prazo de 60 dias, sem a qual o estabelecimento será multado em 150 Ufirs.

Em Teresópolis, o serviço é oferecido em estacionamentos e postos de gasolina e para cada um a mudança vai ter um impacto diferente, principalmente pela forma com que cada um trabalha. Nos postos de gasolina a infraestrutura é maior, com equipamentos de maior potência e consequentemente um gasto maior de água. 

Alexandre Fernandes é responsável pelo lava jato de um estacionamento no centro da cidade e, mesmo com os gastos que serão necessários para atender às exigências, ele considera a medida importante: “Tudo que for relacionado ao meio ambiente para melhorar é válido, é bom”. Para ele ainda seria necessário verificar outras atividades que também fazem um grande uso de água para que fossem implantadas outras medidas em favor do meio ambiente: “Na realidade eu gasto menos água para lavar um carro do que uma máquina de lavar roupa. Meu equipamento é bem econômico e uma simples batida de roupa na máquina são 70 litros que vão embora. Com 500 litros eu lavo até oito carros, com duas ou três lavagens da máquina são 800 litros, se for assim eu acho interessante até todos que tiverem máquina de lavar fazerem o mesmo trabalho, já que é o mesmo gasto ou até mais”. 

Em um posto de gasolina no centro da cidade, a água utilizada na lavagem dos veículos já recebe uma destinação diferenciada, já que a legislação exige que não haja o despejo direto no esgoto, porém o gerente ainda aguarda a efetivação da lei para saber o que vai fazer para atender as exigências: “A gente, como trabalha com lavagem, já tem uma caixa separadora para a água não ir para o esgoto da rua e a gente já tem uma empresa terceirizada que vem recolher dos resíduos, da água. Vamos ter que ver se eles que vão fazer a limpeza ou se a gente vai ter que se readaptar a isso, ainda não sabemos ao certo como vai ser feito”, explicou Eduardo Sampaio Cabral.

O gerente também considera importante que se procure estabelecer medidas em favor do meio ambiente: “Aqui ou em outros lugares de lavagem podem contaminar o solo, vai para o rio, acho legal sim levar isso com afinco, porque contaminar o solo é complicado”.


Compartilhar
Clique aqui e comente


Mais Informações sobre o assunto

Como construir uma cisterna para aproveitame...
A importância de se aproveitar a água da chu...
TRATAMENTO TERCIÁRIO / AVANÇADO
Seminário discute reciclagem de lixo e trata...
CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL E QUALIDADE DAS ÁGUAS...
Mais notícias

Nível de água do Rio Uberabinha preocupa especialistas em Uberlândia
O diretor geral do Departamento de Ág...
Rio Pardo no menor nível desde 1941
O volume de água no rio Pardo, na re...
Denúncia: postos de combustíveis contaminam água
Dois postos de combustíveis foram res...
Saem novos objetivos para planeta sustentável
O texto-base dos Objetivos de Desenv...
Anunciados investimentos de R$ 40 milhões em Santa Cruz do Sul (RS)
O diretor-presidente da Companhia Rio...
 
Busca avançada
 
Nota:  até 
 
Impressões:  até 
 
Publicada entre:
 até 
 
 
 

Comentário:


 

Av. do Café, 130, salas 33 e 34
São Paulo - SP - CEP: 04311-000
Tel.: (11) 3473.1207 / (11) 3562.0436
Acompanhe o portal nas redes sociais.