PUBLICAR NO PORTAL | ANUNCIE
 
Biblioteca
Abastecimento de Água
Bioenergia
Caldeira
Cursos & Eventos
Desmineralização
Hidrografia / Hidrologia
LEED / Green Building
Legislação
Meio Ambiente
Membranas Filtrantes
Metodologias de Análises
Projeto e Consultoria
Resíduos Sólidos
Reúso de Água
Saneamento
Tratamento de Água
Tratamento de Chorume
Tratamento de Efluentes
Tratamento de Esgoto
Zeólitas
  MAPA DO SITE | Home / Notícias / Governo de Minas Ger...

01/08/2013 13:50:53
Governo de Minas Gerais autoriza obras de saneamento em 15 cidades do Estado

Publicado por http://www.aesbe.org.br
Compartilhar
Publicidade  
 O vice-governador Alberto Pinto Coelho assinou nesta terça-feira (30/07), na Cidade Administrativa, novas ordens de serviço que autorizam a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) a dar início a obras de melhoria e ampliação dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em 15 cidades mineiras.


Os recursos fazem parte do Programa Água da Gente que vai investir, até 2016, cerca de R$ 4,5 bilhões beneficiando 15,2 milhões de pessoas com abastecimento de água e 10,1 milhões com tratamento de esgoto. Desde o lançamento do programa, em março de 2013, já foram autorizados mais de R$ 300 milhões, beneficiando, até o momento, 45 municípios mineiros.

Alberto Pinto Coelho destacou a importância do Água da Gente que se traduz também em melhoria na saúde pública. Estudos mundiais apontam que a cada R$ 1 investido em esgotamento sanitário, outros R$ 4 são economizados em despesas com saúde. Isso porque o esgoto tratado diminui a incidência de doenças, como cólera e leptospirose e, em consequência, é menor o número de internações hospitalares.

“O Água da Gente é um programa de altíssima envergadura. São investimentos fundamentais para melhorar a saúde e a qualidade de vida da população mineira”, salientou o vice-governador.

O prefeito de Itapecerica, Antônio Dianese, falou em nome dos prefeitos. "Agradeço o apoio do governo de Minas e da Copasa por essa visão profunda de entender a importância do saneamento em termos de saúde pública, que é algo preponderante e prioritário para qualquer município deste país”, afirmou.

Em Itapecerica, os recursos totalizam R$ 459 mil para obras de melhorias e recuperação das unidades da Estação de Tratamento de Esgoto da cidade, principalmente nos reatores e no sistema de queima de biogás.

Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, as cidades de Igarapé, Ibirité e Mateus Leme vão receber investimentos de R$ R$ 42,8 milhões para serem aplicados na implantação, ampliação e melhoria de seus sistemas de água e esgoto.

Já no Sul de Minas, as cidades de Cruzília, Extrema e Monte Sião, serão beneficiadas com recursos da ordem de R$ 4,7 milhões. Em Cruzília e Monte Sião, os investimentos serão direcionados para o sistema de abastecimento de água. Já no município de Extrema, serão aplicados na ampliação do sistema de esgotamento sanitário com a implantação de interceptores no córrego Jaguari.

No Vale do Jequitinhonha, a cidade de Jequitinhonha vai receber recursos da ordem de R$ 2,8 milhões. Além das obras complementares na Estação de Tratamento de Esgoto do município, serão implantadas redes coletoras de esgoto e construídas estações elevatórias.

Nas cidades de Jaíba, Catuti, Engenheiro Navarro, Três Marias, Lagoa dos Patos e Morada Nova de Minas os investimentos são da ordem de R$ 5,7 milhões, recursos provenientes de convênio firmado entre a Copasa e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). O valor será aplicado nas obras de interligação dos ramais prediais e na implantação de módulos sanitários.

Também com recursos da Copasa e Codevasf, a cidade de Bom Despacho, no Centro-Oeste mineiro, receberá cerca R$ 2,9 milhões para as obras de complementação do sistema de esgotamento sanitário.

De acordo com o diretor presidente da Copasa, Ricardo Augusto Simões Campos, a empresa vem cumprindo o seu compromisso com os municípios e com a população mineira. “Temos, hoje, obras espalhadas em todo o Estado e uma representação muito clara do que é o programa Água da Gente. O objetivo do programa é espalhar investimentos em saneamento, em melhoria da qualidade de vida e das condições ambientais”, finalizou Simões.
 

Fonte: Divisão de Imprensa da Copasa



Compartilhar
Clique aqui e comente


Mais Informações sobre o assunto

Cenário econômico até 2012 e indicadores sel...
Almada anuncia 20 milhões de euros para melh...
Painelistas abordam as dificuldades de imple...
Sanepar, Copasa e Sabesp apresentam métodos ...
Projetos de saneamento deverão ter estudo de...
Mais notícias

Brasil está entre os cinco maiores mercados da Atlas Copco no mundo em 2013
Relatório Anual divulgado pela empres...
São Paulo conta com lixeiras à base de energia solar que avisam quando est...
Cinco pontos da cidade de São Paulo p...
Flórida sofrerá tempestades mais fortes com aumento do nível do mar
O estado americano da Flórida está a...
Relatório aponta que 60% da água subterrânea da China está poluída
Cerca de 60% da água subterrânea da ...
Plantas aquáticas e lixo cobrem parte da represa Guarapiranga em SP
Plantas aquáticas e lixo estão cobrin...
 
Busca avançada
 
Nota:  até 
 
Impressões:  até 
 
Publicada entre:
 até 
 
 
 

Comentário:


 

Av. do Café, 130, salas 33 e 34
São Paulo - SP - CEP: 04311-000
Tel.: (11) 3473.1207 / (11) 3562.0436
Acompanhe o portal nas redes sociais.