PUBLICAR NO PORTAL | ANUNCIE
 
Biblioteca
Abastecimento de Água
Bioenergia
Caldeira
Cursos & Eventos
Desmineralização
Hidrografia / Hidrologia
LEED / Green Building
Legislação
Meio Ambiente
Membranas Filtrantes
Metodologias de Análises
Projeto e Consultoria
Resíduos Sólidos
Reúso de Água
Saneamento
Tratamento de Água
Tratamento de Chorume
Tratamento de Efluentes
Tratamento de Esgoto
Zeólitas
  MAPA DO SITE | Home / Notícias / Governo de Minas Ger...

01/08/2013 13:50:53
Governo de Minas Gerais autoriza obras de saneamento em 15 cidades do Estado

Publicado por http://www.aesbe.org.br
Compartilhar
Publicidade  
 O vice-governador Alberto Pinto Coelho assinou nesta terça-feira (30/07), na Cidade Administrativa, novas ordens de serviço que autorizam a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) a dar início a obras de melhoria e ampliação dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em 15 cidades mineiras.


Os recursos fazem parte do Programa Água da Gente que vai investir, até 2016, cerca de R$ 4,5 bilhões beneficiando 15,2 milhões de pessoas com abastecimento de água e 10,1 milhões com tratamento de esgoto. Desde o lançamento do programa, em março de 2013, já foram autorizados mais de R$ 300 milhões, beneficiando, até o momento, 45 municípios mineiros.

Alberto Pinto Coelho destacou a importância do Água da Gente que se traduz também em melhoria na saúde pública. Estudos mundiais apontam que a cada R$ 1 investido em esgotamento sanitário, outros R$ 4 são economizados em despesas com saúde. Isso porque o esgoto tratado diminui a incidência de doenças, como cólera e leptospirose e, em consequência, é menor o número de internações hospitalares.

“O Água da Gente é um programa de altíssima envergadura. São investimentos fundamentais para melhorar a saúde e a qualidade de vida da população mineira”, salientou o vice-governador.

O prefeito de Itapecerica, Antônio Dianese, falou em nome dos prefeitos. "Agradeço o apoio do governo de Minas e da Copasa por essa visão profunda de entender a importância do saneamento em termos de saúde pública, que é algo preponderante e prioritário para qualquer município deste país”, afirmou.

Em Itapecerica, os recursos totalizam R$ 459 mil para obras de melhorias e recuperação das unidades da Estação de Tratamento de Esgoto da cidade, principalmente nos reatores e no sistema de queima de biogás.

Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, as cidades de Igarapé, Ibirité e Mateus Leme vão receber investimentos de R$ R$ 42,8 milhões para serem aplicados na implantação, ampliação e melhoria de seus sistemas de água e esgoto.

Já no Sul de Minas, as cidades de Cruzília, Extrema e Monte Sião, serão beneficiadas com recursos da ordem de R$ 4,7 milhões. Em Cruzília e Monte Sião, os investimentos serão direcionados para o sistema de abastecimento de água. Já no município de Extrema, serão aplicados na ampliação do sistema de esgotamento sanitário com a implantação de interceptores no córrego Jaguari.

No Vale do Jequitinhonha, a cidade de Jequitinhonha vai receber recursos da ordem de R$ 2,8 milhões. Além das obras complementares na Estação de Tratamento de Esgoto do município, serão implantadas redes coletoras de esgoto e construídas estações elevatórias.

Nas cidades de Jaíba, Catuti, Engenheiro Navarro, Três Marias, Lagoa dos Patos e Morada Nova de Minas os investimentos são da ordem de R$ 5,7 milhões, recursos provenientes de convênio firmado entre a Copasa e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). O valor será aplicado nas obras de interligação dos ramais prediais e na implantação de módulos sanitários.

Também com recursos da Copasa e Codevasf, a cidade de Bom Despacho, no Centro-Oeste mineiro, receberá cerca R$ 2,9 milhões para as obras de complementação do sistema de esgotamento sanitário.

De acordo com o diretor presidente da Copasa, Ricardo Augusto Simões Campos, a empresa vem cumprindo o seu compromisso com os municípios e com a população mineira. “Temos, hoje, obras espalhadas em todo o Estado e uma representação muito clara do que é o programa Água da Gente. O objetivo do programa é espalhar investimentos em saneamento, em melhoria da qualidade de vida e das condições ambientais”, finalizou Simões.
 

Fonte: Divisão de Imprensa da Copasa



Compartilhar
Clique aqui e comente


Mais Informações sobre o assunto

Cenário econômico até 2012 e indicadores sel...
Almada anuncia 20 milhões de euros para melh...
Painelistas abordam as dificuldades de imple...
Sanepar, Copasa e Sabesp apresentam métodos ...
Projetos de saneamento deverão ter estudo de...
Mais notícias

Defesa Civil vai distribuir água em Itu com caminhões pipa
O contrato emergencial, no valor de R...
Prefeitura de SP abre licitação para construção de poços artesianos
A Prefeitura de São Paulo abriu nesta...
Teremos de usar água de esgoto
O governador reeleito de São Paulo, G...
Sabesp amplia bônus a consumidor que economizar água
A Companhia de Saneamento Básico do E...
Relatora da ONU disse que é importante preparação para evitar falta d’água
A relatora independente da ONU para o...
 
Busca avançada
 
Nota:  até 
 
Impressões:  até 
 
Publicada entre:
 até 
 
 
 

Comentário:


 

Av. do Café, 130, salas 33 e 34
São Paulo - SP - CEP: 04311-000
Tel.: (11) 3473.1207 / (11) 3562.0436
Acompanhe o portal nas redes sociais.